Também conhecida como ginecomastia, a redução de mama para os homens é a correção cirúrgica das glândulas mamárias demasiadamente desenvolvidas ou grandes.

Ginecomastia - Dra Georgia Machado. Clinica de Cirurgia Plástica e Estética em Fortaleza.

A GINECOMASTIA É CARACTERIZADA POR:

  • Excesso de gordura localizada,
  • Excesso de desenvolvimento do tecido glandular,
  • Uma combinação de ambos: excesso de tecido adiposo e glandular.

A ginecomastia pode ocorrer unilateral ou bilateralmente.

A cirurgia plástica para corrigir a ginecomastia é tecnicamente chamada de mamoplastia redutora, reduz o tamanho da mama e melhora o contorno do tórax. Em casos graves de ginecomastia, o tecido mamário em excesso pode fazer com que as mamas fiquem flácidas e a aréola alargada (pele escura ao redor do mamilo). Nestes casos, a posição e o tamanho da aréola podem ser cirurgicamente melhorados e a pele em excesso retirada.

Nos casos em que a ginecomastia é, principalmente, o resultado de excesso de tecido adiposo, somente técnicas de lipoaspiração podem ser utilizadas. Tal situação requer a inserção de uma cânula, um tubo oco fino, através de uma pequena incisão. A cânula é movida para trás e para frente num movimento controlado para soltar o excesso de gordura, a qual é, então, removida do corpo por meio de sucção a vácuo.

Anestesia:

A cirurgia é feita com anestesia local mais sedação.

Tempo cirúrgico: Em média 1 hora .

Pós-operatório:

Mantenha repouso relativo nos 4 primeiros dias. Usar uma malha elástica, e realizar a drenagem linfática no local ( no caso da lipoaspiração). Não dirigir antes de 1 semana.