Dra Georgia Machado Cirurgia Plástica em Fortaleza

A informação chega sem surpresas, mas agora temos uma pesquisa que prova isso: você parece mais atraente quando tem uma boa noite de sono.

Em um novo pequeno estudo publicado no dia 15 de setembro no Journal of Clinical Sleep Medicine, os cientistas descobriram que vários meses de sono de qualidade, ou seja, uma noite de sono sem interrupções por apneia, roncos ofegantes ou outros problemas respiratórios, fizeram os participantes da pesquisa parecerem mais jovens e mais atraentes.

Os pesquisadores da Universidade de Michigan dizem que eles são os primeiros a usar um sistema de medição científica de rostos, apelidado de fotogrametria, que mediu objetivamente a juventude e a atratividade de 20 participantes, que estavam recebendo tratamentos por apneia do sono.

Fotos digitais dos rostos dos voluntários foram tiradas com uma câmera de alta precisão tridimensional antes e depois de pelo menos dois meses de pressão positiva contínua nas vias aéreas (CPAP, na sigla em inglês). É uma terapia, um tratamento padrão para a apneia do sono, envolvendo o uso de uma máscara de dormir para ajudar a manter a abertura da via aérea respiratória.

Em seguida, 22 voluntários, entre profissionais médicos e pessoas “normais”, viram as imagens comparadas lado a lado em ordem aleatória e as classificaram como vigilância, juventude e atratividade.

Para a maioria dos indivíduos, os juízes classificaram a imagem do “depois” como mais atraente e mais jovem do que as fotos do “antes”. “A análise da imagem também mostrou que depois do tratamento diminui o volume da superfície da testa, o que pode refletir em mudanças na diferença de fluido noturno, e diminuição da vermelhidão sob os olhos e nas bochechas”, escreveram os pesquisadores.

O pesquisador chefe Ronald Chervin disse que os resultados do estudo poderiam ser motivacionais para os milhões de pessoas que têm apneia do sono. Só nos EUA, estima-se que até 18 milhões de adultos sofram de apneia obstrutiva não tratada, uma doença grave que pode aumentar o risco de hipertensão arterial, doenças do coração e outras doenças.

“Isso pode ajudar a convencer os pacientes a usar suas máquinas CPAP todas as noites”, disse ele.

Um estudo sueco feito à parte, e anunciado no início deste mês, constatou que as pessoas que não dormem bem de fato parecem mais ásperas, com olhos mais vermelhos e inchados, mais olheiras escuras, mais rugas e pálpebras e boca caídas, se comparadas àqueles que tem uma boa noite de descanso.

As pessoas também pareciam mais tristes quando estavam privadas de sono, do que depois de uma noite bem dormida. Essa tristeza aparente foi relacionada a um olhar cansado, disseram pesquisadores da Universidade de Estocolmo.

Acesse o novo estudo (em inglês):
http://www.aasmnet.org/JCSM/ViewAbstract.aspx?pid=29101

Responda