Dra Georgia Machado Cirurgia Plástica em Fortaleza

Se você sofre de enxaqueca e está acima do peso, um estudo recente pode servir de incentivo para enxugar os quilos em excesso

Segundo uma pesquisa recente conduzida pela Faculdade de Medicina da Universidade John Hopkins, a probabilidade de um obeso ser acometido por enxaquecas ocasionais é 81% maior que alguém com peso sob controle.

Publicado semana passada na edição online do Neurology, o estudo foi realizado a partir de entrevista com 3.862 pessoas, que informaram altura, peso e a frequência com que sofriam de enxaqueca. Os participantes tinham, em média, 47 anos.

Os resultados mostraram que 1.044 entre os voluntários eram obesos, e 188 entrevistados afirmaram ter enxaqueca esporadicamente, no máximo 14 vezes por mês.

“Esses resultados sugerem que os médicos devem encorajar pacientes com enxaqueca a tentar manter um estilo de vida saudável no que diz respeito à alimentação e à prática de exercícios,” declarou o autor da pesquisa B. Lee Peterlin. Mas ele acrescentou que “A pesquisa precisa ser levada adiante para avaliar se a perda de peso pode mesmo ajudar no tratamento de obesos com episódios de enxaqueca.”.

O estudo agrega informações a uma pesquisa anterior, publicada em 2011, que mostrou que a prática de exercícios podia ser tão eficaz quanto a medicação na prevenção à enxaqueca.

Na ocasião, um grupo de pacientes com enxaqueca se submeteu a um regime com três sessões semanais de exercício de 40 minutos. Ao final do teste, a equipe de pesquisadores suecos à frente do projeto concluiu que os participantes haviam tido a mesma melhora que pacientes tratados com medicação.

Os resultados foram publicados no periódico Cephalalgia.

Espaço Georgia Machado

Dra Georgia Machadocirurgiã plástica em Fortaleza, Diretora Técnica do Espaço Georgia Machado

Fonte: Relaxnews

 

Responda