Dra Georgia Machado Cirurgia Plástica em Fortaleza

O Conselho Nacional da Ordem dos farmacêuticos francês fez recomendações contra sites estrangeiros que vendiam medicações suspeitas de não ter autorização. Diante da nova oferta online e atentando para as diferenças das legislações entre países, alguns cuidados ao comprar medicamentos se fazem necessários.

Quais medicamentos podemos comprar na internet?

Apenas os medicamentos que não exigem prescrição médica para a venda podem ser vendidos online. São eles, por exemplo, xarope, aspirina, cosméticos. São no total mais de 4.000 produtos.

Por medida de precaução, os internautas podem consultar em algum sites especializados, como o Bulas de Medicamentos, que permitem acessar informações indispensáveis dos remédios (efeitos colaterais, composição ou contra-indicações).

Qual é o papel do farmacêutico?

A Ordem Nacional dos Farmacêuticos francesa diz em seu site que”o farmacêutico é responsável pelo conteúdo do site que ele edita e das condições nas quais a atividade de comércio eletrônico de medicamentos é exercida”.

Os farmacêuticos são obrigados a garantir ao paciente um atendimento seguro e personalizado. Para tanto, os pacientes devem responder (a cada pedido) um questionário sobre sua idade, peso, eventuais alergias e tratamentos em curso. Isso reduz o risco de interações medicamentosas e o respeito às contra-indicações.

Por que tomar essas precauções?

Os medicamentos comercializados fora dos sites autorizados podem ser falsificados. A qualidade e segurança desses produtos não é garantida.

Produtos médicos falsos podem ser perigosos para a saúde dos pacientes. Ele pode ser feito de prosutos ineficazes, mas também de misturas de produtos tóxicos.

Espaço Georgia Machado

Dra Georgia Machadocirurgiã plástica em Fortaleza, Diretora Técnica do Espaço Georgia Machado

Fonte: Relaxnews

Responda