Um novo estudo descobriu que para os garotos mais novos, se envolver em programas de esportes na escola pode acabar com os riscos de obesidade

Beber-leite-e-praticar-esportes-poderia-acabar-com-a-obesidade-na-infancia

Um novo estudo realizado nos EUA mostrou que as meninas da sexta série que bebem duas porções diárias de leite diminuem os riscos de obesidade e os meninos da mesma idade, que jogaram em um time de futebol também apresentaram um peso saudável.

O estudo, publicado online no periódico Pediatrics, revela algumas diferenças de gênero na forma como os hábitos diários podem influenciar a obesidade entre as crianças.

Conduzido por pesquisadores da Medical School da Universidade de Michigan, o estudo analisou dados de 1.714 estudantes da sexta série que vivem no estado.

O consumo de leite parecia proteger as meninas da obesidade, mas não fez diferença para os meninos, disseram os pesquisadores. Enquanto isso, a participação em uma equipe de esportes da escola diminuiu os riscos de obesidade para os meninos, enquanto essa associação não era tão forte para as meninas, mostraram os resultados.

Além disso, 61% dos meninos obesos e 63% das meninas obesas relataram que assistem televisão durante duas ou mais horas por dia. Meninas obesas eram mais propensas do que qualquer outro grupo a utilizar um computador. Enquanto isso, os meninos obesos relataram jogar games com mais frequência do que os meninos de peso normal, embora a associação não fosse tão forte como em outros estudos.

A evidência segue uma pesquisa sobre os efeitos de hábitos, como jogar vídeo game, comer fast food e assistir à televisão, na cintura das crianças.

“É necessário um trabalho adicional para nos ajudar a entender o impacto benéfico de melhorar a merenda escolar e diminuir o tempo na tela”, diz Elizabeth Jackson, cardiologista e autora principal do estudo, ela é professora assistente de medicina interna. “Presumivelmente, jogar vídeo games ou assistir à TV substitui a atividade física.”

A Mayo Clinic, nos EUA, recomenda que você comece devagar quando se trata de ajudar seu filho a perder peso. é preciso fazer pequenas mudanças graduais: como desligar a televisão durante o jantar, a mudança de refrigerante ou bebidas açucaradas por leite com baixo teor de gordura ou água, e introduzir a atividade na vida do seu filho, como dar um passeio da família ou se envolver em um programa de esportes.

Acesse o estudo (em inglês)
http://pediatrics.aappublications.org/content/early/2013/08/07/peds.2012-2994.abstract?sid=0092bf72-01b8-4586-a2b2-708e427dd080

Oferecimento:

Espaço Georgia Machado

Dra Georgia Machado, cirurgiã plástica em Fortaleza, Diretora Técnica do Espaço Georgia Machado

Fonte: Relaxnews

Responda