Dra Georgia Machado Cirurgia Plástica em Fortaleza

Para quem realmente necessita beliscar entre as refeições, um novo estudo realizado nos EUA sugere que um punhado de amêndoas pode deixar você satisfeito e acabar com aquela vontade de comer que assola durante todo o dia, e tudo isso sem acumular os quilinhos a mais.

Pesquisadores da Universidade de Purdue observaram 137 indivíduos que apresentavam risco de diabetes tipo 2. Os participantes do estudo foram divididos em cinco grupos: um de controle, que evitou todos os tipos de oleaginosas e sementes, um que comeu 43g de amêndoas no café da manhã, outro que ingeriu a mesma quantidade no almoço e dois de lanchinhos, que também comeram as mesmas 43g na parte da manhã ou da tarde.

Apesar de consumir cerca de 250 calorias adicionais por dia a partir das amêndoas, os participantes não aumentaram a quantidade calórica total do dia, muito menos ganharam peso ao longo das quatro semanas do estudo, disseram os pesquisadores. Ainda assim, foram os grupos de lanchinhos entre as refeições que relataram uma redução mais acentuada da fome e da vontade de comer ao longo do dia.

“Esta pesquisa sugere que as amêndoas podem ser uma boa opção de lanche, especialmente para aqueles preocupados com o peso,” diz Richard Mattes, professor emérito de ciência da nutrição e pesquisador principal da pesquisa.

“Neste estudo, os participantes compensaram as calorias adicionais fornecidas pelas amêndoas para que o consumo diário de energia não aumentasse ou fossem apresentados níveis de fome reduzidos e o desejo de comer nas refeições subsequentes, particularmente quando as amêndoas foram consumidos como um lanche.”

Os resultados, anunciados hoje, foram publicados na edição de outubro do European Journal of Clinical Nutrition.

Pesquisas anteriores sugerem que as amêndoas não são a única opção de lanches saudáveis. Em um estudo publicado no mês passado no Journal of the American College of Nutrition, os pesquisadores da Universidade de Yale descobriram que adultos com sobrepeso podem se proteger mais contra diabetes e doenças cardíacas ao comer um punhado de nozes por dia.

Um estudo da Espanha, publicado no começo deste ano, mostrou que as pessoas que comiam nozes tendem a apresentar um índice de massa corporal e cintura menores. Além disso, elas eram menos propensas a fumar e tinham mais tendência a ser fisicamente ativas em comparação àqueles que nunca incluíram a noz em sua dietas.

Acesse o novo estudo completo (em inglês): http://www.nature.com/ejcn/journal/vaop/ncurrent/full/ejcn2013184a.html

Espaço Georgia Machado

Dra Georgia Machadocirurgiã plástica em Fortaleza, Diretora Técnica do Espaço Georgia Machado

Fonte: Relaxnews

Responda