Dra Georgia Machado Cirurgia Plástica em Fortaleza

Um novo estudo descobriu que fazer novas atividades quando você estiver mais velho pode manter seu cérebro afiado.

No início deste mês, uma nova pesquisa da Universidade de Concordia, em Montreal, Canadá, encontrou resultados semelhantes, mostrando que hobbies, como a leitura, a socialização e viajar, podem manter sua mente ocupada e aumentar a saúde mental conforme você envelhece.

O novo estudo, da Universidade do Texas, em Dallas, apoia este argumento, mas o torna ainda mais embasado, trazendo a afirmação de que a aprendizagem de novas habilidades, como ter aulas de fotografia, pode melhorar o funcionamento cognitivo do cérebro. Os resultados, anunciados hoje, serão publicados no periódico Psychological Science.

… acompanhe a principais notícias no Espaço Georgia Machado e tire suas dúvidas sobre cirurgia plástica com a Dra Georgia Machado

A pesquisadora-chefe Denise Park convocou 221 adultos para a pesquisa, com idades entre 60 e 90 anos, para participar de um determinado tipo de atividade durante 15 horas por semana ao longo de três meses.

Alguns participantes foram designados a aprender uma nova habilidade, como fotografia digital, costura ou os dois, “o que exigiu uma participação ativa e requereu memória ao trabalho, de longo prazo e outros processos cognitivos de alto nível”, disseram os pesquisadores.

Outros temas que fizeram parte dos testes foram atividades menos exigentes que puderam ser feitas em casa, como ouvir música clássica e fazer palavras cruzadas. Para levar em conta a possível influência do contato social, alguns participantes foram atribuídos a um grupo, que incluiu visitas e entretenimento em grupo.

Ao final de três meses, Denise e seus colegas descobriram que os indivíduos que estavam engajados em aprender novas habilidades mostraram melhorias na memória em comparação àqueles que se envolveram em atividades sociais ou atividades não mentais, as realizadas em casa.

“Parece que não é suficiente apenas sair e fazer alguma coisa, é importante sair e fazer algo que não seja familiar e mentalmente desafiador, e que ofereça ampla estimulação mental e social”, disse Denise. “Quando você está dentro de sua zona de conforto, pode estar fora da zona de melhoria.”

“As pessoas construíram relacionamentos e aprenderam novas habilidades, esperamos que esses continuem a ser como presentes, e que sejam uma fonte de envolvimento e estímulo, mesmo depois de os participantes terem terminado o estudo”, acrescentou.

Espaço Georgia Machado

Dra Georgia Machadocirurgiã plástica em Fortaleza, Diretora Técnica do Espaço Georgia Machado

Fonte: Relaxnews

Responda