Dra Georgia Machado Cirurgia Plástica em Fortaleza

Você acha que está faltando força de vontade? Bom, um novo estudo descobriu que ela não tem limites, contanto que você acredite que isso é verdade.

Pesquisadores da Universidade de Stanford, nos EUA, descobriram que as pessoas que acreditam que a força de vontade é limitada tendem a precisar de um impulso açucarado para continuar trabalhando em uma tarefa difícil. Ou seja, se as coisas estão complicadas, um docinho pode ajudar a resolvê-las.

Enquanto aquelas que acreditam que a força de vontade é ilimitada, não precisam de nada disso. Mas a boa notícia é que você pode mudar, seu comportamento pode ser diferente caso reavalie sua crença na força de vontade, relata o site LiveScience.

A matéria ainda acrescenta que pesquisas anteriores sugerem que a força de vontade drena a energia e esgota o suprimento de glicose do cérebro, mas que um impulso dado por algo doce poderia reabastecer nossa força de vontade para continuarmos a trabalhar em uma tarefa difícil.

No novo estudo, a co-autora Carol Dweck, psicóloga da universidade, e sua equipe recrutaram 87 estudantes universitários na Alemanha, Suíça e nos EUA para descrever suas crenças sobre a força de vontade.

A partir daí, eles pediram para que os participantes concluíssem uma tarefa mentalmente desafiadora, seguida por uma segunda tarefa, na qual os indivíduos precisavam resistir a um impulso, como a leitura do nome de uma cor escrita com uma tinta de cor diferente, explica o LiveScience.

Os estudantes que acreditaram que a força de vontade era limitada ficaram cansados após a primeira tarefa e não tiveram um bom desempenho na segunda. No entanto, quando receberam uma bebida açucarada depois do primeiro teste, o desempremnho do segundo se mostrou melhor.

Aqueles que acreditavam que a força de vontade era ilimitada e abundante não se cansaram durante a tarefa e não receberam nenhum estimulador adicional com açúcar.

“Acreditamos que as pessoas que acreditam que a força de vontade é limitada estão sempre à procura de deixas sobre os seus recursos – ‘Estou cansado? Estou com fome? Eu preciso de um impulso? – e sentem que não podem trabalhar a menos que sejam constantemente reabastecidas”, disse Carol ao LiveScience.

Pesquisas anteriores mostraram que a força de vontade pode estar esgotada porque a maioria das pessoas na sociedade tendem a acreditar que ela é um recurso limitado, Carol acrescentou.

Os resultados foram publicados online hoje, no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences.

Acesse (em inglês): 
http://www.pnas.org/content/early/2013/08/16/1313475110.abstract

Espaço Georgia Machado

Dra Georgia Machado, cirurgiã plástica em Fortaleza, Diretora Técnica do Espaço Georgia Machado

Fonte: Relaxnews

Responda